Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

photo
No comando: Programa Pititinga N@ Rede

Das 09:00 as 12:00

No comando: Programa Viva o Dia

Das 09:30 as 11:30

jornada-esportiva
No comando: Jornada Esportiva

Das 14:00 as 18:00

programa-2a-edicao
No comando: Programa Olha a Pititinga

Das 15:00 as 18:00

No comando: Programa Olha a Pititinga – Especial

Das 16:00 as 18:00

programa-passa-a-bola
No comando: Programa Passa a Bola

Das 18:10 as 19:30

Filarmônica Lyra Ceciliana comemora 148 anos

Compartilhe:
lira

No último domingo (13), a Sociedade Cultural Orpheica Lyra Ceciliana comemorou seus 148 anos de história.

Uma salva de fogos, às 6h, marcou o início das comemorações de aniversário da filarmônica. Mais tarde, às 18h, os músicos da Lyra percorreram as ruas da cidade, entoando canções compostas pelo Maestro Tranquilino Bastos (fundador da filarmônica). Em alguns pontos da cidade, como na casa  onde viveu Tranquilino Bastos, no prédio do Montepio dos Artistas Cachoeiranos,  na casa da Doutora do Samba Dalva Damiana e na Igreja do Rosarinho, os músicos fizeram uma parada em homenagem aos locais.  O percurso foi encerrado na sede da Lyra, com sessão solene em comemoração à fundação da filarmônica.

Para a vereadora Ana Cristina, que acompanhou as comemorações, a Lyra merece muito reconhecimento de  Cachoeira: “A Lyra tem uma importância muito grande dentro da formação cultural e social da nossa cidade, estar aqui hoje com essa equipe celebrando seus 148 anos é uma honra muito grande” afirmou. O presidente da Filarmônica Minerva Cachoeira, Roberto Gomes Franco, também participou das comemorações e falou da parceria entre as duas instituições: “ Hoje tem mais coisas para unir do que para separar a Minerva e a Lyra. A gente sabe que no passado houveram divergências, mas hoje é parceria, nossos problemas e dificuldades são comuns e o caminho para resolvê-los também são. Unidos estamos mais fortes pra lutar pela cultura dessas filarmônicas” declarou Roberto. O professor Raimundo Cerqueira, ex-presidente da Lyra, também destacou a importância que a Lyra tem na formação de músicos: “ É necessário que todos nós que gostamos da Lyra ou da Minerva nos empenhemos para que possamos salvar essa juventude” disse.

O músico Adrian Cezar, de 11 anos, que já faz parte da filarmônica há um ano, entrou na filarmônica através do maestro Jairo do Santos e já sonha em tocar na Marinha o Brasil. O jovem músico afirmou que o trabalho da Lyra é de grande importância para a comunidade.

O deputado estadual Zé Neto (PT) também esteve presente nas comemorações de aniversário da Lyra e parabenizou a filarmônica e a todos aqueles que apóiam e fazem parte da instituição. O deputado também ressaltou a relevância cultural  da cidade de Cachoeira.

O maestro regente Jairo dos Santos, que também ministra um curso para os alunos da filarmônica, afirmou que sente falta de mais apoio para as filarmônicas: “ Nós temos uma visão diferenciada e pensamos que o poder público poderia ajudar um pouco mais as filarmônicas, sejam elas Lyra ou Minerva” declarou.

Estava marcada também uma missa solene na Igreja do Monte, às 18h. Mas, a celebração não ocorreu e os responsáveis pelo templo afirmaram que havia outro compromisso agendado para o horário.

 

Deixe seu comentário: