Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Não é possível que vão esperar aquelas casas caírem e depois ir fazer o serviço”

Durante o horário de lideranças e representações partidárias da sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Cachoeira desta segunda-feira (29), o vereador Ênio Cordeiro iniciou sua fala manifestando sua solidariedade com as famílias do morador de São Félix e do vereador de Santo Amaro, que faleceram vítimas da Covid-19. Ênio seguiu afirmando que o número de casos em Cachoeira é preocupante. O vereador também comentou sobre a guerra de espadas que está acontecendo na cidade e pediu que o município faça um decreto proibindo a prática.

O vereador Fábio Coqueiro lamentou o falecimento do senhor Orlando, no último sábado, e pediu que a SAMU tenha mais agilidade. Fábio cobrou da prefeitura a contratação de um médico plantonista para a mesma. Fábio cobrou do provedor da Santa Casa mais agilidade no atendimento das pessoas que precisam fazer o teste da Covid-19, afirmando que é necessário preparar uma sala separada para atender essas pessoas.

O vereador Júlio César (Teta) cobrou mais uma vez da Secretaria de Obras a construção de uma alvenaria de contenção ao lado do campo do Morumbi: “Olha há quanto tempo estamos cobrando isso, não é possível que vão esperar aquelas casas caírem e depois ir fazer o serviço”. Teta cobrou também a roçagem na comunidade do Alto do Túnel, que está intransitável e a instalação de corrimão na escadaria do Rosarinho e em frente ao Colégio Edvaldo Brandão. Teta chamou atenção da Secretaria de Saúde para o surto de escorpiões na Rua Stela, próximo ao cemitério dos Alemães e também próximo ao cemitério do Rosarinho.

O vereador também comentou sobre a falta de estrutura nas estradas vicinais do município: “As estradas vicinais do município estão um desastre, um terror, isso se olhando em todas as comunidades rurais, o ano todo chove porque todo ano se cobra aqui e a conversa é a mesma”, reclamou Teta, se referindo à resposta da gestão municipal, que não faz as intervenções por causa das chuvas.

Teta seguiu falando sobre os cortes nos salários dos professores que, segundo ele, é uma vergonha para o município e o sobre o aumento casos da Covid-19 no município e destacou que o município precisa dar mais atenção ao aumento de casos.

Deixe seu comentário: