Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

“sacrificar animais é um óbvio universal” destacou Doté Marcilino

Durante mais uma de suas participações no quadro “As Vozes dos Orixás”, o Doté Marcelino discorreu sobre a história do universo “o nosso corpo é repleto por elementos vivos da natureza, por bactérias e vírus, que criam e ao mesmo tempo podem matar, então é muito simples, e tudo isso é em relação a um casal de evangélicos sem nome que observei essa semana e que eu falarei sempre pelo respeito que é imposto um para com os outros, por isso falo da natureza” comentou.

Segundo afirmações do Doté, a religião evangélica é a caçulinha do universo, que mesmo tendo nascido hoje, a cada um minuto se abre uma igreja, com várias siglas e com conteúdos diferentes “ainda assim não temos nenhum direito de desrespeitar aquilo que o outro cria ou crê” disse o entrevistado.

Ainda sobre o assunto universo Doté Marcilino afirmou que a divindade criou a maior beleza que nossos olhos podem contemplar que é a natureza “cada espécie de planta tem sua qualidade, cada animal tem sua qualidade e diferença, então essa semana eu recebi uma turma de museólogos, e pude contestar que sacrificar animais é um óbvio universal, tudo o que nos alimentos de carne é um sacrifício, ninguém come animal vivo, agora nós do candomblé que pegamos o animal, descansamos ele, fazemos um ritual e os deuses recebem apenas o sopro de vida do animal” e para concluir o Doté explanou que a perversidade maior da natureza está no ser humano que é apenas uma raça.

Por Redação Olha a Pititinga

Deixe seu comentário: